Home Governo de Portugal DGPC Home UNESCO
English Version

Glossário

Abóbada – Construção arqueada de pedras aparelhadas, destinada a cobrir um espaço entre duas paredes paralelas.

Aduela – Pedra talhada em forma de cunha, servindo de elemento de arco, de abóbada, etc... A aduela que fecha a abóbada (porque é a última a ser colocada) é o fecho ou a chave.   

Baldaquino – Elemento arquitectónico decorativo que se sobrepõe à estátua gótica, quase como que a protegê-la, quando ela se encontra adossada à parede ou a uma coluna da igreja.   

Coluna – Pilar independente, de secção circular.   

Coruchéu – Remate piramidal de torres ou campanários.   

Galilé – Pórtico ou recinto coberto, sobre pilares ou colunas, adossado á fachada principal de uma igreja.   

Gárgula – Goteira saliente ou cano dos telhados, por onde se escoa a água da chuva, disposta sob os beirais ou na cimalha das cornijas.    

Gótico – Estilo que na Europa Ocidental sucedeu ao românico e precedeu o Renascimento. Surgiu no séc. XII e durou até ao séc. XVI (inclusive). É caracterizado estruturalmente pelo emprego da abóbada de cruzaria de ogivas, dos arcobotantes e dos contrafortes afastados da nave.   

Lintel – Peça de madeira ou pedra, horizontal, inserida sobre um vão de forma a suportar o peso da parede.   

Maneirismo - Termo inventado no séc. XX para descrever a arte europeia do período c. 1515-c.1610.   

Manuelino – Estilo decorativo característico do gótico final em Portugal (final do séc. XV e primeiro quartel do séc. XVI)  

Mísula – Elemento saliente de uma superfície vertical (parede ou pilar) que serve de suporte de arco, de estátua, etc…   

Nave - Espaço interno de uma igreja delimitado por duas filas de pilares ou colunas.  

Nervura – Moldura convexa que divide os compartimentos ou panos de uma abóbada que, sendo normalmente estrutural, pode também ser ornamental.

Nicho – Vão, geralmente em forma semi-cilíndrica vertical, aberto na espessura da parede, com funções meramente decorativas.   

Pilastra – Pilar de secção rectangular, embebido numa parede.   

Plateresco – Estilo arquitectónico e decorativo espanhol. Combina características góticas e renascentistas tão frequentemente elaboradas, que se assemelham a trabalhos em prata. Desenvolveu -se desde a época dos Reis Católicos até à de Felipe II.  

Platibanda - Conjunto da balaustrada de um entablamento.   

Renascimento – Revivalismo das artes e letras europeias, inspirado em modelos clássicos, que se iniciou em Itália no séc. XIV.   

Retábulo – Ou tábua de altar. Pintura sobre madeira (mais raramente escultura) sobre um tema sagrado, que se coloca num altar.   

Rosácea – Grande janela circular, muito trabalhada, aberta sobre a fachada de uma igreja.  

Tímpano – Área de pedra, tijolo, etc, delimitada por um arco, que nasce de um lintel.  

Transepto – Nave transversal, que corta a parte Leste-Oeste de uma igreja, dando-lhe a forma de uma cruz. 

rss